Sobre nós

Programa de Pós Graduação em Química

Mestrado e Doutorado

O Programa de Pós-Graduação em Química da UFF foi criado em 2008 pela unificação do Programa de Pós-graduação em Química Orgânica e do Programa de Pós-graduação em Química. O novo PPGQ-UFF – nos níveis de Mestrado e Doutorado – é de caráter interdepartamental e tem por finalidades promover a formação e o aprimoramento de profissionais de alto nível voltados para o ensino e a pesquisa, bem como incentivar e contribuir para o desenvolvimento da pesquisa em todas as áreas de concentração da Química.   

A diversidade das principais linhas de pesquisa do PPGQ tem proporcionado a ampliação das fronteiras da Química desenvolvida em nossos laboratórios. De fato, a colaboração entre os grupos permanentes e a associação com outros grupos nacionais e internacionais, faz da interdisciplinaridade uma caraterística marcante nas pesquisas e nos trabalhos orientados pelos docentes do Programa. O aluno interessado pode se inscrever nos Cursos de Mestrado, Doutorado Direto e Doutorado após Mestrado. 

Nota 6

Conceito CAPES
0/5

30

Anos de Ensino

60+

Docentes

200+

Alunos Titulados

Coordenação

David Rodrigues da Rocha

Coordenação
davidrocha@id.uff.br

Flávia Ferreira de Carvalho Marques

Vice-coordenação
flaviamarques@id.uff.br

Histórico

Desde 1991

Criação e início

O Programa de Pós-graduação em Química Orgânica da Universidade Federal Fluminense (código CAPES 31003010027P-0) foi criado em 1991 com o nível de Mestrado, passando a oferecer o curso de Doutorado a partir de 1999. Teve o conceito 5 mantido na sua última avaliação da CAPES (triênio 2004-2006), fazendo parte de um grupo de 12 cursos de PG em Química no Brasil com o mesmo conceito. Contava, à época, com 16 docentes permanentes, 9 dos quais bolsistas de produtividade do CNPq e 4 Cientistas do Nosso Estado – FAPERJ.

Já o Programa de Pós-graduação em Química da Universidade Federal Fluminense (código CAPES 31003010047P-0) foi criado em 2002 com o nível de Mestrado, nas áreas de Química Analítica, Físico-Química e Química Inorgânica. Após um primeiro triênio com conceito 3, este aumentado para 4 no triênio 2004-2006 de avaliação da CAPES, sendo o único curso com conceito 3, da área de Química, promovido nesta avaliação. Contava com 16 docentes, dos quais 9 bolsistas de produtividade do CNPq.

A captação de recursos financeiros pelos docentes dos dois programas foi marcante nos anos seguintes (2004 a 2008), quando foram captados cerca de R$ 11 milhões em projetos individuais e/ou em equipes, que reverteram-se principalmente na aquisição de equipamentos (alguns multiusuários) e na criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Processos e Produtos na Área de Incrustação Química, abrangendo pesquisadores do Instituto de Química da UFF nas áreas de Química Orgânica, Química Analítica, Química Inorgânica e Físico-Química. Desde então, docentes dos dois Programas foram contemplados em vários editais lançados pela Faperj, CNPq e outras agências de fomento.

Unificação

Por indicação do Comitê de Avaliação da área de Química da CAPES, os dois Programas de Pós-graduação submeteram, em abril de 2008, o projeto de unificação, o qual foi recomendado pela CAPES em 01 de agosto daquele ano (Ofício CAPES No. 014_06/2008). O novo Programa de Pós-Graduação em Química – nos níveis de Mestrado e Doutorado – é de caráter interdepartamental e tem por finalidades promover a formação e o aprimoramento de profissionais de alto nível voltados para o ensino e a pesquisa, bem como incentivar e contribuir para o desenvolvimento da pesquisa em todas as áreas de concentração da Química.

Crescimento notável

A CAPES atribuiu conceito 5 ao novo Programa de Pós-Graduação em Química da UFF, que contava, à época, com 41 docentes, atuando nas seguintes linhas de pesquisa: 1- Cinética e catálise. 2-Desenvolvimento e aplicação de métodos analíticos. 3-Espectroscopia. 4- Modelagem molecular e química computacional. 5- Química ambiental. 6- Química bioinorgânica, bioorgânica e bioanalitica. 7- Química de petróleo, gás natural e biocombustíveis. 8- Química de produtos naturais. 9- Compostos e materiais moleculares. 10- Síntese Orgânica. Assim, em 18 de agosto de 2008, deu-se início às atividades acadêmicas do Programa de Pós-Graduação em Química da UFF unificado. Desde então, o PPGQ-UFF tem experimentado anos um notável crescimento, atingindo a marca de 123 alunos no início do perído letivo de 2018, o que representa um aumento de mais de 25% no número de discentes em relação ao início de suas atividades. O crescimento qualitativo do PPGQ-UFF também pode ser notado e culminou com a elevação do nível do Programa para 6, após a avaliação quadrienal 2013-2016.

227437ae-b501-4da8-8843-741403e36aa2
WhatsApp Image 2021-03-18 at 17.34.41
WhatsApp Image 2021-03-16 at 16.09.34

Missão

O Programa de Pós-graduação em Química da UFF é de caráter interdepartamental e interdisciplinar. Tem por finalidades promover, de forma integrada, a produção e difusão do conhecimento científico tecnológico, bem como a formação e o aprimoramento de profissionais de alto nível voltados para o ensino e a pesquisa, visando incentivar e contribuir para o desenvolvimento da pesquisa em todas as áreas de concentração da química, objetivos estes registrados no regimento interno do programa. O programa incorpora linhas de pesquisas associadas a todas as áreas tradicionais da química (Química Orgânica, Química Inorgânica, Físico-Química e Química Analítica), com docentes vinculados a todos os departamentos que formam o Instituto de Química da UFF, além de docentes das áreas de Catálise, com formação em Engenharia Química, do Departamento de Engenharia Química, e em Produtos Naturais, do Instituto de Biologia. Os alunos egressos do programa encontram posição não apenas nas instituições de ensino e pesquisa, mas também em diferentes centros de pesquisa sediados do Rio de Janeiro, particularmente na Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), no Instituto Nacional de Tecnologia (INT), no Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) e no Centro de Pesquisa Leopoldo Américo Miguez de Mello (CENPES/Petrobras).

Os profissionais formados no Programa de Pós Graduação em Química apresentam sólida formação nas quatro grandes áreas da Química (Físico-Química, Química Analítica, Química Inorgânica e Química Orgânica) e devem ser capazes de atuar com competência no Ensino Médio e Superior, conjugando sua capacidade técnico-científica com sua formação humana no sentido de colaborar com a formação dos estudantes.

Deve ser destacada também, a alta qualificação científica e tecnológica dos profissionais formados em nosso Programa, uma vez que estão preparados para trabalhar em pesquisa básica e aplicada, colaborando para a resolução de problemas sociais, ambientais e econômicos inerentes à sociedade moderna. São altamente capacitados para a geração de produtos e processos inovadores, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população do Estado do Rio de Janeiro e do Brasil.