Professor do PPGQ-UFF está entre os mais influentes do planeta

Prof. Vitor Francisco Ferreira

Oito docentes da Universidade Federal Fluminense integram o ranking elaborado pela revista PLOS Biology que lista os pesquisadores mais influentes do mundo, dentre eles, o professor Vitor Francisco Ferreira do PPGQ-UFF. No total, 600 pesquisadores brasileiros foram reconhecidos pela publicação científica. O levantamento foi conduzido por um grupo da Universidade de Stanford (EUA) e feito a partir de métricas de publicações com e sem autocitação e proporção de artigos citados.

Intitulado “Updated science-wide author databases of standardized citation indicators”, o trabalho de apuração realizado pela equipe americana utilizou as citações da base de dados Scopus, que atualiza a posição dos cientistas em dois rankings distintos: um que registra o impacto do pesquisador ao longo da carreira e outro que destaca o impacto do pesquisador em um único ano; neste caso,  2019.

O reitor da Universidade Federal Fluminense, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, ressalta a importância desse reconhecimento. “A UFF tem muito orgulho do seu quadro qualificado de cientistas. Ter esta quantidade de pesquisadores mais influentes no mundo reforça a excelência da nossa Universidade e o alto nível de sua produção acadêmica, científica e tecnológica. É com satisfação que parabenizo os citados pelo Journal Plos Biology, assim como todo o corpo docente da UFF pelas pesquisas inovadoras em prol da sociedade e do desenvolvimento global”.

Conheça a seguir os pesquisadores da UFF que fazem parte do ranking internacional:

Gustavo André de Deus Carneiro Vianna (Odontologia)
João Marciano Laerdo dos Reis (Engenharia Mecânica)
Marcelo Silva Sarandy (Física)
Marcos Flavio de Campos (Engenharia Metalúrgica – Volta Redonda)
Norman Arthur Ratcliffe (Visitante do Programa de Pós-Graduação em Ciências e Biotecnologia)
Paulo Rangel Rios (Engenharia Metalúrgica – Volta Redonda)
Roldan Muradian (Economia)
Vitor Francisco Ferreira (Farmácia/Química)

Fonte: Universidade Federal Fluminense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *